Seguir

Pharrell é anunciado como novo designer chefe da Louis Vuitton

Pharrell Williams estava em negociações com a Louis Vuitton para substituir Virgil Abloh.

A Louis Vuitton anunciou a contratação de Pharrell Williams, o produtor musical e empresário do streetwear, ´r o novo designer-chefe masculino. Williams, de 49 anos, assumiria a função anteriormente ocupada por Virgil Abloh, falecido em novembro de 2021. A coleção de estreia de Pharrell como diretor chefe da linha masculina da Louis Vuitton será revelada em junho, durante a Semana de Moda Masculina em Paris.

Abloh foi o primeiro negro norte americano a ser nomeado para o cargo de chefe de design em uma casa de luxo europeia. Pharrell, natural de Virginia Beach, Virgínia, que ganhou destaque no final dos anos 1990 como parte da dupla de produtores de hip-hop Neptunes, é o segundo.

capa virgil abloh

O anúncio ocorre no momento em que a Louis Vuitton, a joia da coroa da LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton SA, busca estender uma onda de crescimento emergente da pandemia. Esse crescimento ajudou a impulsionar a LVMH para a maior avaliação do mercado de ações da Europa – e transformou Bernard Arnault, presidente e CEO do conglomerado, na pessoa mais rica do mundo, superando recentemente Elon Musk.

Enquanto a carreira de Abloh explodiu ao longo de seus três anos na Vuitton, se tornando um dos estilistas mais reconhecidos do mundo, Pharrell assume a posição como uma celebridade genuína – alguém que já foi juiz em “The Voice”, dublou um personagem em “Sing 2” e acumulou duas indicações ao Oscar, 13 prêmios Grammy e um bando de singles número um. Além de ser um ícone da moda.

Pharrell Williams é mais conhecido como um hitmaker da música, responsável por sucessos como “Happy” e “Blurred Lines” – mas, mesmo assim, tem um longo currículo como empresário do setor de vestuário. Ele chegaria em um momento de grande sucesso para a Louis Vuitton. A casa de moda levou 164 anos para se tornar a primeira marca de US$ 10 bilhões da indústria de luxo em 2018, mas dobrou esse número em quatro anos. Analistas dizem que US$ 20 bilhões em receita a tornam a maior marca de luxo do mundo.

Em uma de suas primeiras incursões na moda no início dos anos 2000, bem em sua carreira como mega produtor pop, Pharrell se uniu ao ícone da moda japonesa Nigo, que agora é o diretor criativo da Kenzo, outra marca sob o guarda-chuva da LVMH, para fundar a marca pioneira de streetwear Billionaire Boys Club, bem como uma marca de calçados inspirada no skate, a Ice Cream.

Três anos depois, no que retrospectivamente parece um sinal do que está por vir, Williams colaborou com o diretor criativo da Louis Vuitton, Marc Jacobs, em uma série de designs de joias e óculos de sol “Millionaire” em estilo aviador.