Seguir

Playboi Carti é preso acusado de sufocar namorada grávida

Capa Playboi Carti Capa Playboi Carti
Foto: Reprodução

Advogado de Playboi Carti disse que a acusação é falsa.

O rapper Playboi Carti supostamente agrediu e sufocou sua namorada grávida, deixando ferimentos visíveis em seu pescoço, peito e costas, durante uma discussão em 20 de dezembro, relata o TMZ. Carti, cujo nome verdadeiro é Jordan Terrell Carter, foi autuado sob a acusação de agressão agravada e impedimento de uma pessoa fazer uma ligação telefônica de emergência, mostram os registros online.

O site relata que a declaração de prisão mostrou que a vítima disse à polícia do condado de Fulton que Carti, agarrou sua garganta e a segurou até que ela mal pudesse respirar em 20 de dezembro. A mulher teria dito à polícia que estava grávida de 14 semanas na época e pensou que iria morrer.

Capa Playboi Carti
Foto: reprodução

De acordo com o relatório do TMZ, a mulher alegou que o incidente começou quando ela tentou falar com Carter sobre o bebê, o que levou a uma discussão sobre um teste de paternidade que evoluiu para o suposto ataque físico. A mulher diz que conseguiu fugir graças a uma testemunha, mas diz que ele tentou tirá-la de um carro e impedi-la de usar o recurso de SOS do veículo para denunciar o ataque à polícia.

O advogado do rapper, Brian Steel, escreveu em um e-mail para a Pitchfork: “Sr. Carter foi falsamente acusado. De acordo com minhas comunicações com o Ministério Público do Condado de Fulton, este caso será encerrado sem qualquer processo ou litígio.”

Veja abaixo.