Polícia prende suspeitos de ataque a tiros contra MC Meno K

MC Meno K, segundo as investigações, foi alvo de criminosos envolvidos com facções criminosas.

Na manhã de ontem (6), duas pessoas suspeitas do ataque a tiros contra o MC Meno K foram presas preventivamente. um rapaz de 24 anos, apontado como um dos atiradores, e outro de 36 anos, que teria ajudado na execução do crime. Eles foram encaminhados para uma casa prisional. O mandante do crime ainda se  encontra foragido.

Em agosto, Mc Meno K sofreu essa tentativa de homicídio depois de sair de uma festa. Segundo informou a nota oficial da equipe do artista o funkeiro ficou hospitalizado e sem risco de vida. Kauan Soares, mais conhecido como MC Meno K, é de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e 16 anos.. Ele já soma mais de 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify.

foto mc meno k

De acordo com o delegado Edimar Machado, responsável pela investigação, participaram do ataque três atiradores. O objetivo deles era assassinar o cantor. Quanto à motivação para o crime, a investigação dá conta de que teria relação com um conflito entre organizações criminosas de Porto Alegre. A intenção seria atingir uma das lideranças rivais, pois o MC seria próximo a ela.

O artista seria autor de uma música que faria menção à organização criminosa que domina o tráfico de drogas no lugar onde reside. A Polícia Civil disse que o tiroteio começou após uma pessoa pedir para tirar uma foto com o artista na saída de uma casa noturna. O cantor estava na calçada da boate e entrava em um carro que fazia transporte por aplicativo.

“Depois da foto, assim que ele entrou no carro, começou o tiroteio. Ele foi atingido e levado para atendimento”, disse, na época, o delegado Gabriel Dantas, primeiro responsável pela investigação. Segundo a investigação, os suspeitos estava com a pessoa que pediu para fazer a foto com o funkeiro