Policial será punido após “celebrar” morte do rapper.

Na semana passada, Jimmy Wopo, foi assassinado no bairro de Middle Hill em Pittsburgh, deixando a comunidade do hip-hop lamentando sua morte. Infelizmente, nem todos tinham pensamentos positivos para o rapper. Brian Martin, um policial de Pittsburgh, está atualmente sendo punido depois de supostamente celebrar a morte de Wopo em um post no Facebook. O Pittsburgh Post Gazette originalmente divulgou a história na segunda-feira, depois que os comentários de Martin começaram a circular no fim de semana. Embora ele tenha se recusado a comentar sobre o processo, deve-se notar que ele já excluiu o post.

O relatório afirma que um usuário parecia desapontado com a aparente indiferença de Pittsburgh em relação à morte de Wopo. “Todo mundo esqueceu o assassinato de Wopo tão rápido?” ele escreveu, acrescentando “ninguém protestando por ele?” Aparentemente, isso levou o policial a responder com “Eu não. Ainda estou comemorando”. Insensível, com certeza, piorou sua condição de “protetor” ostensivo.

Não demorou muito para que Martin fosse dispensado de seus deveres, e a cidade desde então emitiu uma declaração sobre a controvérsia. “Vamos responsabilizar este oficial por suas ações”, diz o porta-voz Chris Togneri. “Comentários que depreciam vítimas e colocam em risco a comunidade e os colegas não serão tolerados pela cidade de Pittsburgh.”

Descanse em paz Jimmy Wopo.