Início Destaque Policial que matou George Floyd é libertado da prisão

Policial que matou George Floyd é libertado da prisão

961

Derek Chauvin, o assassino de George Floyd, pagou sua fiança e foi libertado da prisão.

Derek Chauvin, o ex-policial acusado da morte de George Floyd, foi oficialmente libertado da prisão após pagar fiança. O ex-oficial de 44 anos foi acusado de assassinato em segundo grau, assassinato em terceiro grau e homicídio culposo na morte de Floyd.

Sua fiança foi estabelecida em US$ 1,25 milhão ou US$ 1 milhão com condições. De acordo com várias agências de notícias, ele foi libertado após fazer o pagamento “não monetário” e vai aguardar seu julgamento em liberdade.

No momento, não está claro se Chauvin permanece sob custódia da polícia, mas ele não está mais na prisão de Oak Park Heights em que estava. Ele foi originalmente transferido para lá vários dias após a morte de Floyd. Sua transferência foi aparentemente por motivos de segurança e relacionados a COVID-19.

O julgamento de Chauvin está marcado para começar em março de 2021, ao lado de outros três policiais acusados ​​de ajudar na morte de Floyd.

A morte de George Floyd provocou um caos nos Estados Unidos e no mundo, forçando as pessoas a tomarem as ruas em meio a uma pandemia global para exigir justiça. Sua morte é vista como o ponto de virada, a linha na areia que foi traçada enquanto os negros americanos lutavam por seus direitos.

Continuaremos a mantê-lo atualizado em relação a este caso e a qualquer coisa relacionada ao clima social atual nos Estados Unidos.