Post Malone vai contra proibições e faz show mesmo com pandemia do Coronavírus

post malone

Post Malone

Post Malone está enfrentando uma reação adversa por ter continuado seu show em Denver, apesar das grandes preocupações em torno da disseminação do coronavírus.

O rapper Post Malone subiu ao palco no Pepsi Center, em Denver, na quinta-feira, apesar das preocupações generalizadas com o coronavírus. A ameaça imponente do coronavírus levou ao cancelamento de inúmeros eventos e reuniões que atraem grandes multidões , em um esforço para conter o vírus mortal e manter todos em segurança.

No entanto, parece que Post Malone não estava muito preocupado com os riscos, visto que ele se apresentou para uma multidão lotada no Pepsi Center em Denver, Colorado, nos Estados Unidos, na noite de quinta-feira, para grande confusão e indignação de muitos. O Pepsi Center anunciou no Twitter antes do show que o concerto de Post ocorreria conforme o planejado, e a decisão atraiu muitas críticas.

O estado do Colorado ainda não proibiu totalmente grandes reuniões públicas, mas as autoridades de saúde advertiram seriamente contra elas. Embora o Live Nation tenha anunciado que todas as suas turnês, incluindo Post Malone e a turnê Runaway de Swae Lee, seriam temporariamente canceladas para o mês de março devido a preocupações com o coronavírus, eles especificaram que alguns shows seriam realizados conforme programado na quinta e sexta-feira, que aparentemente incluiu o show de Post em Denver. Seu show no Chase Center, em São Francisco, na próxima semana, no entanto, foi cancelado, já que autoridades da Califórnia proibiram todas as reuniões de 250 pessoas ou mais.

Sair da versão mobile