Quando Rondo está voltando ao trabalho, anunciando sua próxima apresentação na Black Friday.

Quando Rondo não está sob investigação por causa da morte do King Von neste mês, ele ainda permanece envolvido nas manchetes em torno do incidente.

Antes do tiroteio fatal de King Von, o rapper estaria supostamente envolvido em uma briga com Quando Rondo. Os dois ex-amigos se encontraram no estacionamento, como visto em imagens de segurança divulgadas naquela noite, com Von aparentemente dando um soco no rapper. Foi quando o inferno começou, criando uma grande briga no estacionamento antes que os tiros fossem disparados por um aliado de Rondo.

Desde então, Quando falou sobre a situação, abordando em sua nova canção “End Of Story” e por meio de declarações à mídia, nas quais afirma se sentir “extremamente mal” com a coisa toda.

O rapper nascido na Geórgia deveria se apresentar alguns dias após a briga, mas os shows foram cancelados devido à sua “situação judicial em andamento”. Muitos usuários nas redes sociais teorizaram que Lil Durk realmente comprou todos os ingressos para um show, o que os forçou a cancelar. Isso ainda é especulativo.

Apesar de tudo o que está acontecendo, Quando Rondo está pronto para voltar ao trabalho. Ele anunciou recentemente que estará de volta ao clube, realizando seu show de retorno na Black Friday amanhã à noite. O rapper foi ameaçado por 600 Breezy, que desafiou Rondo a apresentar “End Of Story” ao vivo, veremos.

Nos comentários de seu anuncio, as pessoas estão marcando Lil Durk e pedindo que ele aja. Os fãs de Quando também estão apoiando ruidosamente o rapper, garantindo-lhe que ele chegará lá, se apresentará e sairá em segurança.