Rapper é confundido com ladrão e acaba morto pela PM em São Paulo

Talvez você tenha visto a tragedia que aconteceu recentemente com o rapper Milton Expedito do Nascimento, mais conhecido como Dinho. O rapper, que também era locutor, foi morto pela Polícia Militar após ser confundido com um assaltante, ele foi atingido por dois disparos no abdômen ao buscar uma moto roubada.

Ele era bastante conhecido na zona norte de Sorocaba (SP), onde ele fazia vários trabalhos voluntários e ações sociais. “Sou suspeito de falar o que o Hip Hop faz na vida de uma pessoa. Eu fui salvo pelo Hip Hop e mais que justo é eu tentar salvar mais pessoas”, disse em entrevista a um documentário produzido por uma estudante da Universidade de Sorocaba (Uniso), em junho deste ano”

Milton tinha 33 anos, ele chegou a ser socorrido na UPH da zona norte, mas infelizmente não resistiu. O corpo do rapper foi sepultado no Cemitério Memorial Park, no Jardim Júlio de Mesquita Filho, na manhã de terça-feira (25).

A HISTÓRIA.

O rapper foi morto pela Polícia Militar ao ser confundido com um assaltante, na zona norte de Sorocaba. Ele foi atingido por dois disparos na tarde de domingo (24). Antes do ocorrido, o rapper havia acionado a PM, relatando que teve sua moto roubada na frente da rádio onde trabalhava por dois homens armados.

Segundo o boletim de ocorrência, com o rastreador do celular, ele descobriu que o veículo estava em um bairro próximo e foi tentar recuperar ela. Ao voltar com a moto, se deparou com uma viatura da PM.

Segundo a polícia, ao invés dele procurar a viatura, inicialmente acelerou, dando a impressão aos policiais de que tentava fugir da equipe, o que levou os militares a entenderem que tratava-se de um criminoso e atirassem no rapper.