Rapper Oruam se envolve em conflito com militares de shopping em Portugal

Escrito por Rodrigo Costa 30/03/2024 às 10:00

Foto: Divulgação
  • Facebook
  • WhatsApp
  • X (Twitter)
  • ícone de compartilhar

Oruam questionou os membros da Guarda Nacional Republicana pelo tratamento sofrido.

Nesta semana, ao lado de outros nomes da gravadora Mainstreet, Oruam chegou em Portugal para a realização de alguns shows pela Europa e África. Na última sexta-feira (29), o rapper esteve envolvido numa confusão com militares.

“Fui comprar aqui no shopping de Portugal, os policiais falaram que nós tínhamos que acompanhar ele… Parei o shopping, brabão que vai oprimir nós”, escreveu o artista carioca em seus stories do Instagram.

Nos vídeos publicados, ele aparece questionando o motivo que ter que acompanhar os membros da Guarda Nacional Republicana. “E se nós não quisermos ir? Nós somos obrigados? O que nós fizemos? Nós não vamos parar lugar nenhum”, afirmou o autor de hits como “Para de Mentir“.

Fotos: Reprodução/Instagram

Vocal de apoio de Oruam, Didi 22 também fez publicações registrando a situação em seus stories. “Quer abordar nós a troco de nada, agora tu vê… Só porque saímos do shopping cheios de bolsas [risos]. Tem que aceitar que a favela venceu, porra!”, relatou.

Outra repercussão envolvendo o nome do filho do traficante Marcinho VP nesta semana foi devido a utilização de uma camisa pedindo a liberdade de seu pai, preso desde 1996, em seu show no Lollapalooza ao lado de Tz da Coronel.

“Meu pai errou, mas está pagando pelos seus erros e com sobra. Só queria que pudesse cumprir uma pena digna e saísse de cabeça erguida. Que quando chegue sua hora, você possa ter sua liberdade!”, contou o rapper num posicionamento.

ícone

Recomendados para você