Djonga, Black Alien e Sidoka lideram votação de melhores álbuns nacionais do ano

"Ladrão", de Djonga, lidera a lista com mais de 11 mil votos. Foto: Assis176 e Serralhinha

Votação popular aberta pela Red Bull ainda conta com os álbuns de Coruja BC1, niLL no Top 5.

Não é de hoje que as listas tomam de conta da produção musical do Brasil. Desde que artistas do mesmo gênero começaram a fazer sucesso e disputar a atenção do público e da crítica especializada, somos presenteados por publicações de veículos que tentam listar os melhores artistas, músicas e discos. Aquela que vem a ser considerada um das mais importantes é a lista de melhores álbuns do ano, algo que aqui no Brasil costumamos ver apenas com discos nacionais. 

Como não poderia ser diferente, 2019 ainda não chegou ao fim e as listas já começaram a surgir, inclusive as que são abertas para o público eleger seus favoritos. Esse é o caso da Red Bull, que recentemente abriu uma votação que definirá qual é o melhor álbum nacional do ano. O site da marca elegeu 50 discos lançados em 2019 que tiveram aclamação da crítica e deixou na mão dos leitores a tarefa de hierarquizá-los do melhor para o pior. 

+DJ Rennan da Penha, Djonga, Emicida e mais são indicados ao Prêmio Multishow

+Mano Brown conta porque não quer pessoas xingando Bolsonaro em seu show

O que chamou muito a atenção do público, no entanto, foi o fato de o rap estar na frente da lista, sendo que no momento desta publicação quem está no topo do ranking é “Ladrão”, álbum do rapper mineiro Djonga lançado em março deste ano. Respectivamente no segundo e no terceiro lugar estão “Abaixo do Zero: Hello Hell”, de Black Alien, e “Doka Language”, do rapper também mineiro Sidoka. 

A continuidade de álbuns de rap nas primeiras posições é quebrada apenas por “Sua Alegria Foi Cancelada”, da banda Fresno, que ocupa o quarto lugar, logo acima de niLL, com o disco “Lógos”, MC Tha, com o aclamado “Rito de Passá”, e Coruja BC1, com Psicodelic. 

+Rapper Qing-Q rima sobre desejo de estar no topo no seu primeiro single “Bem Alto”

+Raffa Moreira volta a atacar Matuê e cita Kenny G

Apesar de ser uma votação aberta ao público, muitos se surpreenderam com a predominância do rap na lista, já que o gênero por muito tempo foi subjugado à categoria de música underground. Djonga, no entanto, lidera o ranking com um total de 11.600 votos, quase o triplo do número conquistado pela Fresno. 

Se você quer deixar sua contribuição na tarefa de eleger o melhor álbum nacional de 2019, é só acessar o site da Red Bull por este link.

Sair da versão mobile