Início Noticias Rihanna dispara contra Procurador Geral do Kentucky após injustiça no caso Breonna...

Rihanna dispara contra Procurador Geral do Kentucky após injustiça no caso Breonna Taylor

239

Rihanna decidiu se posicionar contra a decisão que não indiciou nenhum policial pela morte de Breonna Taylor

Muitos artistas recorreram às redes sociais para expressar suas frustrações com a decisão do grande júri sobre a morte de Breonna Taylor nas mãos da polícia de Louisville em março, que viu apenas um policial sendo acusado e nem mesmo envolvendo a morte de Taylor.

Rihanna acrescentou seu nome a essa lista na noite de quinta-feira (24 de setembro), quando usou uma mensagem de uma placa vista em um dos protestos para ajudar a transmitir seu ponto de vista.

“Vou deixar isso afundar em seu crânio oco”, disse ela ao procurador-geral de Kentucky Daniel Cameron no Twitter. A placa, que vem em resposta à decisão, diz: “Um policial atirou em uma mulher negra e foi acusado apenas pelos tiros que errou”.

O grande júri indiciou o ex-policial Daniel Hankison por três acusações de perigo desenfreado por seu papel no tiroteio que levou à morte de Breonna Taylor. Hankison está basicamente sendo responsabilizado apenas pelas 10 balas que atirou e atingiu os apartamentos vizinhos.

No início de setembro, a cidade de Louisville chegou a um acordo com a família Taylor por US$ 12 milhões pela batida policial, de acordo com o The New York Times.

Na frente criativa, Rihanna foi flagrada trabalhando em um “projeto secreto” uma espécie de algumas semanas atrás (13 de setembro) em um set em Los Angeles com Young Thug.