spot_img

Snoop Dogg sobre ser presidente dos EUA: “Iria prender todos os brancos que tivessem cometido erros”

Rapper disse o que faria caso fosse presidente um dia.

Snoop Dogg estava em rara forma para uma entrevista recente com DJ Whoo Kid , resultando em uma discussão animada e multifacetada, abrangendo tudo, desde as chances do Hall da Fama do Rock & Roll até a idiotice geral de um cara chamado Donald Trump.

Por volta da marca das 3:30 no vídeo, a conversa se voltou para questões políticas. Questionado sobre sua abordagem admiravelmente franca de destacar uma variedade de questões nos últimos anos, Snoop felizmente expressou zero arrependimento sobre o que escolheu para usar sua plataforma durante a era Trump.

“Eu poderia dar a mínima”, disse ele. “Eu não sou político. Não estou fugindo da merda e não fugindo de ninguém, para que eu possa dizer o que quero dizer. Às vezes, sinto que preciso falar pelas pessoas que não têm voz, então eu me torno político.

- Advertisement -

Falando especificamente sobre Trump, Snoop observou o ridículo de sua presença na Casa Branca ao responder a uma sugestão de que ele próprio deveria concorrer ao cargo. “Foda-se essa merda do presidente”, disse ele. “Esse imbecil Donald Trump estragou tudo. Eu não sei o que um presidente deveria ser agora. Ele estragou todos os critérios … Se ele vai ser tão branco quanto ele está sendo, eu  vou ser tão idiota quanto sou e Foda-se.” disse ele se referindo a ser presidente um dia.

“Todo filho da puta branco que já cometeu um erro, vai para a cadeia”, disse ele. “Estamos revertendo essa merda agora… Todos os mexicanos, muçulmanos, asiáticos está tranquilo.. agora se eu não disse sua raça aqui você estará com problemas”

Durante o bate-papo, Snoop foi perguntado se ele recebeu uma ligação ou mensagem de texto de Trump ou de seu governo. Ele diz que sim e foram eles que expressaram sua insatisfação com o vídeo de sua colaboração com o BADBADNOTGOOD chamada “Lavender”. O vídeo apresentava uma versão palhaço de Trump sendo baleado.

Veja a entrevista abaixo.

Hot Topics

RELACIONADOS