SZA faz duras críticas ao Grammy Awards

SZA pode ter seu álbum “S.O.S” indicado ao Melhor Disco do Ano do Grammy de 2024.

A cantora SZA é um dos grandes nomes da indústria desde que lançou seu álbum de estreia, “Ctrl”, em 2016. Desde então, ela segue relevante no R&B e, em 2022, lançou seu segundo disco, “S.O.S”, que foi bastante elogiado no ano passado. Entretanto, ela ainda sente falta do prestígio da indústria musical, dizendo isso em entrevista à revista Rolling Stone.

Na conversa, SZA refletiu sobre os sentimentos controversos com o Grammy Awards, o principal prêmio do seguimento nos Estados Unidos, e suas 15 indicações a ganhar a estatueta – das quais só venceu uma. Em 2022, a artista levou para casa uma estatueta na categoria Melhor Performance de Pop por Duo ou Grupo pela faixa “Kiss Me More”, sua colaboração com Doja Cat.

Capa SZA
Foto: Renell Medrano

“A sala de espera do Grammy é um dos lugares mais estranhos que existem. Há tanta carência ali. Carência de ser notado, carência de ser, tipo, reconhecido, de vencer… carência de se sentir valoroso ou validado. O prêmio significa algo, mesmo que não seja tudo. Só é meio importante que eu esteja aqui. Isso meio que importa”, disse SZA.

Na entrevista, ela relembrou os cinco prêmios que perdeu em 2018 com seu álbum de estreia “CRTL”, incluindo Melhor Novo Artista e Melhor Álbum Urbano Contemporâneo. Mas, além disso, ela disse que o evento traz algumas experiências não tão confortáveis e que ele “não é normal”. “Eu odeio que os idiotas ajam como se essa merda fosse normal e ninguém fala sobre isso”, disse ela.

Atualmente, SZA segue em turnê pelos Estados Unidos com o disco “S.O.S”, fortemente cotado para ser indicado na categoria Álbum do Ano. Os nomeados da seguinte edição devem se tornar públicos no início de 2024. Recentemente, SZA quebrou um recorde da Billboard, ao alcançar a 41ª semana seguida no topo dos álbuns mais ouvidos de R&B.

Ela superou o recorde de “After Hours” de The Weeknd, que ficou no topo por 40 semanas em 2021. Em outros lugares, álbuns como “Planet Her” de Doja Cat e “24k Magic” de Bruno Mars passaram mais de 25 semanas no topo.

 

Botão Voltar ao topo