Trey Songz está sendo acusado de agredir sexualmente uma mulher em 1 de janeiro de 2018.

Trey Songz está começando o ano combatendo algumas duras alegações, sendo acusado de agredir sexualmente várias mulheres em uma boate de Miami em 1º de janeiro de 2018. Conforme relatado pelo The Blast, um processo foi oficialmente movido contra o cantor por uma mulher identificando-se como Jane Doe, pedindo US$ 10 milhões em danos depois que ela afirma ter sido agredida sexualmente por Songz.

Segundo o autor, Trey Songz e Jane Doe estavam festejando na casa de Diddy em Miami na véspera de Ano Novo alguns anos atrás, antes de decolarem para a E11EVEN Nightclub, onde o assédio teria ocorrido. “Este processo baseia-se em reivindicações de assédio, agressão, inflicção intencional de sofrimento emocional e inflicção negligente de sofrimento emocional”, escreve o processo. “O demandante está buscando mais de dez milhões de dólares (US$ 10.000.000,00) em danos”.

Jane Doe alega que, ao chegar ao club, ela e Trey foram para uma seção VIP, onde o cantor passou a mão sob seu vestido, tentando penetrar sua vagina com os dedos. Aparentemente, ela não foi sua única vítima naquela noite. Outra mulher presente na festa contou a Doe que Songz colocou os dedos em suas nádegas sem consentimento.

Trey Songz foi acusado de agressão no passado. Manteremos você atualizado sobre possíveis desenvolvimentos neste processo.