Trippie Redd concorda com Kanye West e entra na briga contra as grandes gravadoras

550

Trippie Redd quer participar da revolução proposta por Kanye West

Kanye West iniciou uma luta contra as grandes gravadoras com foco nos contratos abusivos que eles fazem com artistas negros. O rapper quer libertar os artistas para que eles possam ter todos os direitos de suas músicas.

E como vários artistas antes dele, Trippie Redd gostou da ideia. Em um vídeo compartilhado em sua história no Instagram na quarta-feira (16 de setembro), Trippie enviou um aviso para Ye para entrar em contato com ele.

“Ei, cara, eu sou do tipo Kanye”, ele começou. “Diga ao Kanye que me ligue, cara. Estou sabendo de tudo isso. Toda aquela merda que ele está falando agora? Liga pra mim. Acerte minha linha. De verdade.”

Ao compartilhar mais de 100 páginas de seus próprios contratos de gravação com o Universal Music Group/Sony, Ye assumiu o que ele diz ser uma missão dada por Deus para trazer grandes mudanças para a indústria musical.

Ele também está alegando que a Universal está mantendo os direitos de suas músicas e álbuns como reféns, não dizendo quanto eles querem para Kanye poder comprar de volta.

Trippie não é o único artista apoiando Kanye, já que Westside Gunn, Big Sean e Hit-Boy também concordaram, embora Hit-Boy tenha vindo com a informação adicional de que ele não é um fã do criador de “Jesus Is King” pessoalmente.

Confira o vídeo de Trippie abaixo.