Tupac dispara contra Dre, Jay-Z, Nas, Diddy, Biggie e + em rascunho que vai a leilão

Escrito por Fellipe Santos 05/04/2018 às 11:00

Foto: Divulgação
  • Facebook
  • WhatsApp
  • X (Twitter)
  • ícone de compartilhar

As notas do álbum de Tupac, The Don Killuminati, foram colocadas em leilão na internet recentemente. As anotações são escritas em caneta em papel pautado e foram fornecidas por um amigo próximo da família de Tupac e trazem uma carta de proveniência. O que é realmente incrível sobre essas notas, no entanto, são os conteúdos.

Em sua nota de uma página, Tupac dispara em quase todas as figuras importantes durante as tretas de rap dos anos 90 da Costa Leste / Costa Oeste. Isso inclui Diddy e Biggie por “permanecer em silêncio enquanto conspiram minha queda”, Mobb Deep: “por abrir a boca e deixar eu acabar com sua bunda que não vende discos. “, e até mesmo seu freqüente colaborador Dr. Dre , a quem ele se refere como “um homo mais próximo”, presumivelmente escrevendo incorretamente a palavra “armário”, dizendo que ele é um homossexual.

Outros alvos de seu desprezo incluem Jay Z , Nas , De La Soul , Lil Kim, Wendy Williams e Faith Evans. Ele também parece estar ciente do fato de que iria tentar lhe matar, agradecendo a Jack “O Cagueta” Agnant por “encomendar a execução com sucesso” e Tut “por atirar em mim”. Jacques Agnant é um executivo de música e promotor que trabalhou com Tupac e Biggie na época, e foi um dos principais suspeitos do assassinato de Tupac.

Confira a tradução completa abaixo:

“Eu dedico isso ao Jack “O Cagueta” Agnant por encomendar a execução,  Tut por atirar em mim. Eu dedico isso ao PuffyBiggie StretchLil ShawnJimmy Henchman ou quem for por permanecer em silêncio enquanto conspiravam minha queda. Eu agradeço a Faith por ser a melhor arma de baixa auto estima e por comer sua buce**. Obrigado Wendy Williams por ser uma vadi*  gorda. Obrigado Mobb Deep por abrir a boca e deixar eu acabar com seu rabo que não vende discos. Obrigado ao Dr. Dre por ser um homo mais próximo. Obrigado ao Nas por não ouvir meus conselhos e cuidar dos seus negócios. Obrigado aos manos do De La Soul por ficarem bolados comigo por eu viver bem enquanto enquanto eles vivem igual uns merdas, Donnie Simpson e todos os comediantes que riram enquanto eu sangrei. Ao Jay-ZKing SunLil Kim.

Agora é hora de ver quem assiste muitos filmes e quem está pronto de verdade para ganhar dinheiro. Hora da guerra. Em todo o mundo, todo país, toda cidade Manos de verdade fazem coisas de verdade. Sai Tupac, entra Makaveli”.

Quase nenhuma mensagem realmente chegou às notas finais do álbum, com apenas a última linha Hora da guerra. Em todo o mundo, todo país, toda cidade Manos de verdade fazem coisas de verdade. Sai Tupac” está presente no produto final.

Se você estiver interessado em comprar este controverso pedaço da história do rap, as notas estarão à venda em 11 de abril, com um lance inicial mínimo de US $ 30.000.

 

https://instagram.com/p/BhKSMEoBgiE/?utm_source=ig_embed

ícone

Recomendados para você