A$AP Bari está aparentemente livre de acusações de violação de um incidente ocorrido no ano passado. De acordo com o TMZ , Bari não enfrentará nenhuma acusação de suposta agressão sexual ocorrida em novembro de 2017. A suposta vítima teria decidido não prosseguir com as acusações contra o estilista.

Neste ponto, os detalhes são escassos. Em novembro passado, Bari foi processado por uma Jane Doe por agressão sexual. Ela disse que o incidente ocorreu em 09 de julho de 2017. Ela alegou que Bari abruptamente entrou em um quarto de hotel enquanto ela estava dormindo e gritou: “Você transou com meu amigo e agora você vai me foder comigo”.

Ela disse que continuava a gritar não, mas Bari tirou os lençóis dela enquanto ainda estava na cama. O incidente foi filmado e divulgado na internet, embora tenha sido removido da maioria das publicações. Ela também disse que correu para o banheiro com medo de ser agredida e Bari gritou: “Eu vou foder você, você vai chupar meu pau”. Ele supostamente a jogou no corredor depois sem roupas.

Em maio, ele foi preso em um aeroporto de Londres e acusado de agressão sexual pelas autoridades pelo mesmo incidente.