Capa Wale Capa Wale

Wale detalha a experiência assustadora quando contraiu COVID-19

Wale disse que sua experiência o fez perceber o quão sério é a COVID-19

Após o lançamento de seu novo álbum, Folarin II, Wale está promovendo seu disco em rádio e programas de entrevista, o rapper de Washington DC esteve em todos os lugares, e recentemente se sentou com o The Breakfast Club para falar sobre o novo álbum e sua recente luta contra a COVID-19.

Em julho, o rapper revelou que ficaria fora por um tempo e que estava “extremamente doente”. De acordo com Angela Yee do The Breakfast Club, Wale estava lidando com COVID-19 e pneumonia. Falando sobre sua experiência na batalha contra o COVID-19, Wale disse que o coronavírus o fez sentir que não tinha controle sobre nada, e que sua ansiedade já existente tornava toda a situação ainda mais assustadora.

Capa Wale
Foto: reprodução

“Essa merda faz parecer que você não tem controle sobre nada. Eu me lembro quando eu estava em estado de negação, eu estava tipo ‘Sim, eu tenho COVID, mas eu vou seguir as orientações e ‘ficar em casa ‘, porém, minha ansiedade me deixou ficar pior do que imaginei”, disse ele, explicando que decidiu ir para o hospital quando seus níveis de oxigênio no sangue tornaram-se inseguros. “Eu estava tipo ‘mano, eu tenho que ir’… Eu me lembro de chamar um Uber para me levar ao hospital porque eu não estava aguentando.

Eu disse ‘Eu não consigo respirar’… sabe, ansiedade e como a gente lidava com isso, era outra versão. Lembro que eles estavam tentando tirar meu sangue, pois, a enfermeira não conseguia encontrar minhas veias. Só lembro que desmaiei. Eu estava tipo ‘Uau, eu estava realmente normal, estava realmente bem a três dias atrás'”.  Wale também explicou que, por causa dos regulamentos do COVID sobre visitas hospitalares, ele teve que lidar com tudo sozinho e que, embora tenha se recuperado o suficiente para voltar ao trabalho, ainda está lidando com os efeitos do vírus que matou mais de 5 milhões de pessoas.

“Tive que implorar a eles que me deixassem ir para casa… Só de estar lá, é dolorido, pois, ninguém pode entrar…”, disse ele ao The Breakfast Club. “Uma coisa que as pessoas não falam o suficiente a respeito da COVID são os efeitos posteriores. Por conta dos meus problemas legítimos com ansiedade e outras coisas, tudo isso foi se intensificando”.

Confira a entrevista completa de Wale com o The Breakfast Club abaixo postada no YouTube:

Wale Talks Relationships, Sneaker Culture, HBCUs, New Album ‘Folarin 2’ + More