Will Smith fez uma aparição em duas partes no Red Table Talk, de Jada Pinkett Smith, para discutir a disseminação contínua do coronavírus e as informações erradas em torno da doença.

O episódio um, que foi ao ar na última quarta-feira (18 de março), inclui Will, Jada, Willow e Trey Smith e Adrienne Banfield-Jones, também conhecida como “Gammy”. Jaden Smith não foi ao programa, pois atualmente pratica o distanciamento social para proteger sua saúde. Will Smith revelou que estava se sentindo indiretamente responsável por todas as informações equivocadas que circularam na internet nas duas últimas semanas em relação ao coronavírus.

Os Smiths se juntaram a Michael Osterholm, diretor do Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas da Universidade de Minnesota, e Chiara Digiallorenzo, uma paciente de 25 anos de idade, COVID-19, que compartilha sua jornada de saúde no Instagram.

Em um trecho do programa, Will Smith relembrou que no dia em que Tom Hanks revelou que seu teste havia dado positivo para o coronavírus, o filme protagonizado por ele, “Eu Sou a Lenda”, estava como um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, e fez com que as pessoas não acreditassem ou levassem a sério que a pandemia era real.

“Eu fiz Eu sou a Lenda em 2008, e me sinto responsável por grande parte dessa desinformação. Meu personagem no filme era um virologista, e eu precisei me preparar para o filme, fiz laboratório no Centro de Controle e Prevenção a Doenças. Havia uma compreensão básica de vírus e patógenos virais que eu desenvolvi e isso realmente mudou minha vida e como eu olhava o mundo. Existem conceitos básicos que as pessoas não entendem… Então, o que eu queria era que tivéssemos agora a oportunidade de passar o básico aqui e depois trazer os especialistas”, explicou.

O episódio dois estréia na próxima semana, e gira em torno da carga de saúde mental causada pela pandemia global. O psicólogo Dr. Ramani Durvasula e o palestrante motivacional Jay Shetty serão apresentados no episódio para discutir como gerenciar a ansiedade e o estresse em meio ao surto.