Will Smith será icônico chefão do crime do Harlem em novo filme da Netflix

O Gênio do Aladdin se torna um gangster do Harlem.

A história do infame chefe do crime do Harlem, Nicky Barnes, vai virar filme. Na década de 1970, Barnes formou um sindicato do crime de sete homens, conhecido como The Council, e efetivamente controlava a rede de tráfico de drogas dentro e fora de sua cidade natal. Eles policiaram suas próprias áreas e confiaram em si mesmos para lidar com todos os seus movimentos ilegais, ao contrário de outros que tentaram e falharam em se tornar o próximo grande nome no jogo das drogas.

Barnes, chamado “Sr. Intocável” pelo The New York Times, mais tarde se veria do lado errado da lei, como muitos em sua linha de negócios. Ele foi condenado à prisão perpétua sem a possibilidade de liberdade condicional, mas enquanto estava dentro, recebeu informações que mudariam o curso do Conselho para sempre. Não apenas o grupo supostamente não estava cuidando de suas finanças, inclusive pagando os honorários de seu advogado, mas um de seus amigos e membros do Conselho estava dormindo com sua amante, uma regra sindicalizada que nunca seria quebrada. Por sua vez, Barnes tornou-se um informante federal e entregou 109 nomes ao governo.

O conto de Barnes é um dos que implora por uma adaptação cinematográfica, e está sendo relatado pela Deadline que Will Smith irá abordar o papel de chefe do crime no próximo filme, The Council produzido pela Netflix. Esta é uma narrativa que nunca foi compartilhada como um conceito de filme antes, e essa notícia chega apenas alguns meses depois de ter sido revelado que Barnes havia falecido. Embora sua morte tenha ocorrido em 2012, porque ele estava no Programa de Proteção a Testemunhas, as informações não foram amplamente divulgadas.

Sair da versão mobile