A equipe jurídica de Justin Bieber conseguiu intimar o Twitter a mostrar de quem são as contas.

Justin Bieber e sua equipe jurídica estão se movendo com força total para descobrir quem fez as alegações de agressão sexual contra o cantor pop neste ano. Segundo a NBC News, a equipe jurídica de Bieber recebeu uma moção para intimar o Twitter para identificar as pessoas por trás das contas que fizeram acusações de agressão sexual contra ele. “Nós apenas queremos descobrir quem está por trás dessas duas contas e pode ser a mesma pessoa”, disse o advogado de Bieber ao juiz.

As supostas vitimas, como listadas na denúncia apresentada por Bieber, não podem ser atendidas até que sejam identificadas, motivo pelo qual o advogado de Bieber está indo direto ao Twitter para obter informações. Uma mulher no Twitter disse que foi agredida por Bieber após uma apresentação em um bar em Austin, TX, em março de 2014. Ela alegou que ele convidou ela e suas amigas para um hotel onde ele a atacou. Ela se passou por Danielle no Twitter. Outra mulher, passando por Kadi no Twitter, disse que Bieber a agrediu sexualmente na cidade de Nova York em 2015.

Desde então, Bieber refutou as duas alegações com “provas” de que ele não estava perto de nenhuma dessas mulheres no momento em que as acusações aconteceram. O advogado de Bieber alegou que não fez sua “diligência” ao “fabricar” essas histórias, especialmente porque testemunhas oculares e evidências visuais provam o contrário. JB está processando as mulheres em 20 milhões de dólares.