cap anitta cap anitta

Anitta sugere mudanças na forma de votação para presidência no Brasil

Anitta também reafirmou que estará com Lula no segundo turno

Anitta,, que atualmente é a maior expoente da música brasileira no mundo, está completamente envolvida no processo eleitoral deste ano para o cargo da presidente da república. Após o resultado do primeiro turno, ela foi para a sua conta no Twitter, local onde fala bastante sobre o assunto, e se mostrou frustrada por ter um segundo turno.

“É muito triste o que estamos vivendo hoje. Infelizmente não só no Brasil, em todo o mundo. Independente do resultado das eleições, ninguém sairia inteiramente vencedor, pois uma nação dividida é uma nação em guerra. Uma nação em guerra é uma nação triste e adoecida”, desabafou Anitta, que logo fez uma sequência de tweets sobre o processo político.

A artista teve a ideia e deu a sugestão de que seria possível implementar um sistema de votação em dois candidato: um, no qual gostaria que ganhasse e outro no candidato que queria ver retirado da disputa. Um voto de apoio e outro de rejeição. “Bom seria se durante o voto pudéssemos todos votar em quem queremos eleger e votar também em quem não queremos. Assim a população não se dividia. A população não seria obrigada a escolher qual a metade do seu próprio povo deve odiar”, falou a cantora, que finalizou que continua apoiando o ex-presidente Lula nessas eleições.

“Infelizmente não temos essa opção. E nesse momento o Brasil precisa pensar no que é humano. Eu quero voltar no tempo onde não precisava assistir famílias que se amam pararem de se falar, de se amar, de se admirar por questões políticas. Eu queria voltar no tempo onde as agressões, intolerâncias, medo, xingamento etc não eram rotineiras e corriqueiras sob a “alegação” de razão política. Isso é tudo tão triste. Não tem mais a ver com política. Virou questão de respeito básico ao outro. Compaixão, senso coletivo. Eu não quero mais assistir isso acabando. Lula #13″, concluiu.

Confira os posts abaixo: