Avião, bônus e mansão, confira as regalias que Neymar terá no Al-Hilal

Neymar tem propostas de regalias em semelhança ao que foi oferecido para Cristiano Ronaldo.

Na última segunda-feira (14), o atacante Neymar realizou exames médicos, assinou os papéis e oficializou o seu contrato com o Al-Hilal, da Árabia Saudita, de duas temporadas, pelo valor de 320 milhões de euros (aproximadamente 1,7 bilhão de reais), incluindo salário, luvas e acordos comerciais.

Clube com qual o atacante brasileiro de 31 anos encerra o ciclo, o Paris Saint-Germain, conforme informou o jornal francês L’Equipe, que noticiou a decisão inicialmente, o desejo do atleta é retornar ao futebol europeu após o fim do novo vínculo, com o intuito de disputar a Copa do Mundo de 2026.

Uma das regalias que Neymar receberá é o pagamento de 500 mil euros (cerca de R$ 2,7 milhões) por cada stories ou publicação em suas redes sociais promovendo a Arábia Saudita. Além disso, ele terá um avião particular à sua disposição, estará liberado para morar com Bruna Biancardi mesmo não sendo casado com a atriz – algo que, por lei, é proibido no país –, terá uma grande casa com funcionários e receberá 80 mil euros (em torno de R$ 430 mil) por cada partida ganha no clube saudita.

De longe, o Al-Hilal é o time da Arábia Saudita que mais desembolsou nesta janela de transferências do verão europeu. Até a contratação de Neymar, que tem a sua apresentação marcada para a próxima quinta-feira, o clube já tinha gasto aproximadamente 190 milhões de euros (mais de 1 bilhão de reais) com Rúben Neves, Malcom, Milinkovic-Savic e Koulibaly.

Nas últimas semanas, outra grande curiosidade envolvendo o nome do atacante foi noticiada. Vista no jogo de estreia de Lionel Messi na MLS, Kim Kardashian viajou para o Japão para assistir a uma partida da pré-temporada entre Al-Nassr, de Cristiano Ronaldo, e o PSG, que terminou em empate sem gols. Seu filho com Kanye West, Saint, inclusive, recebeu a camisa de Neymar das mãos do próprio ao final do jogo.