Bril é solto de prisão no Rio de Janeiro, desabafa e anuncia que será pai novamente

Bril detalhou parte do que sentiu e aconteceu, revelando ainda que está esperando um novo filho.

No último dia 30 de junho, Bril foi preso ao lado de Elicê após um conflito no supermercado no Centro do Rio de Janeiro, sendo detidos pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e acusados pelo Ministério Público, que negou o primeiro pedido de habeas-corpus, de serem criminosos instáveis e perigosos, apresentando grande para a sociedade.

Na última semana, os artistas foram liberados da prisão em meio a estupradores, assassinos e criminosos, aguardando o julgamento em prisão preventiva, “mesmo com diversas irregularidades no processo e no ato de prisão”, conforme afirmaram as suas famílias, amigos e equipes, que faziam diversas tentativas através dos advogados responsáveis pelo caso para que a situação seja revertida.

Bril é preso no Rio de Janeiro, revela equipe do rapper – Rap Mais
Foto: Ballerich

Na noite da última sexta-feira, o rapper integrante do coletivo Carga Nova Entretenimento se posicionou em seus stories do Instagram sobre o caso, como foi a sua experiência atrás das grades e anunciou ainda que descobriu que seria pai. “Tô vindo aqui me pronunciar [pela] primeira vez, falar que o bagulho lá foi doidão e o processo é lento, só quem passou por ali sabe, entendeu?!”, iniciou ele.

“Não desejo isso para ninguém, mas aqui na vida, na terra, é assim; aqui se faz, aqui se paga. Os caras me acusaram de várias coisas que eu não tinha feito. Falaram que eu depredei o supermercado, que eu derrubei prateleira, que eu danifiquei máquinas destradoras. Advogado foi lá, nada disso tinha acontecido. Aí os caras tentaram meter bagulho de ameaça, falou que eu ameacei ele”, completou Bril.

Na sequência, o artista carioca ex-integrante do selo Pirâmide Perdida afirmou que a sua forma de posicionar é apenas através do movimento hip-hop. “Tem para que ameaçar ninguém não, meu discurso de ódio é o rap, entendeu?! Não tô ai, tá ligado, contando vantagem que pá, pum, sou bandidão, ex-presidiário e bá, bum. Mas o bagulho deixa bem traumatizado mesmo, se ligou, rapaziadinha?! É um ensinamento que tu não vai encontrar em lugar nenhum, tá entendendo?”

“E, meante a isso, eu quero agradecer a todo mundo que mandou energia positiva para mim lá dentro; o Luke, geral lá de dentro do Setor Submundo, a minha mulher Milô, que eu descobri que ela tava grávida lá de dentro da cadeia e foi o dia mais feliz da minha vida, geral me deu parabéns, mó festa. Isso daí, tipo assim, mano, como é que tu vai sentir a energia, tá ligado?!”, afirmou sobre o seu mais novo filho a caminho.

“Mas graças a Deus eu tô aí de volta, boneco na pista, fé pra tudo. É isso, agradecer os advogados ai ó que batalharam muito pelo meu nome, a todo segundo, a todo momento falaram que iriam me tirar de lá o mais rápido possível, eu falei: ‘fica mec, tropa, falou tá falado, me tira daqui’. Os caras conseguiram me tirar o mais rápido possível, tá ligado?!”, detalhou.

Finalizando o seu discurso, Bril expressou o seu sentimento. “Mas mesmo que foi o mais rápido possível, irmão, bagulho parece uma eternidade, viado, bagulho é cadeia, só entra preso, bagulho doidão, paizão. Namoral, rapaziadinha, atividade na conduta de vocês aí na pista, tá ligado?! Que uma hora ou outra o estado tá prejudicando geral, levando geral… menorzinho, bebelzinho de dezoito anos na minha cela, pai, tá ligado?!”