Capa Conor McGregor Capa Conor McGregor

Conor McGregor é acusado de estuprar mulher em arena na final da NBA

Mulher alega ter sido violentamente agredida por McGregor em banheiro do Kaseya Center em Miami

Uma carta enviada pelo advogado Ariel Mitchell acusa o lutador de MMA Conor McGregor de estuprar uma mulher durante o jogo 4 das finais da NBA, ocorrido em 9 de junho. As acusações foram direcionadas a McGregor, à NBA e ao Miami Heat. De acordo com o relato na carta, o lutador teria agredido sexualmente a cliente de Mitchell de forma “violenta” dentro de um banheiro do Kaseya Center, em Miami.

A carta também alega que os seguranças presentes teriam separado a suposta vítima de sua amiga e a forçado a entrar em um banheiro masculino, onde McGregor e sua própria equipe de segurança já se encontravam. Segundo Mitchell, o lutador de MMA teria começado a beijar violentamente a mulher e, em seguida, a forçado a praticar sexo oral nele. A carta prossegue afirmando que McGregor tentou, supostamente, fazer sexo anal com a mulher. No entanto, ela conseguiu escapar depois de golpeá-lo repetidamente com o cotovelo. Infelizmente, ela teria deixado sua bolsa para trás e precisou implorar para que a equipe de McGregor a devolvesse.

Capa Conor McGregor e Charles Oliveira
Foto: YouTube

A suposta vítima do lutador entrou com a denúncia de agressão na manhã de 11 de junho. Segundo relatos, um policial a incentivou a contratar um advogado durante o contato inicial. Na carta enviada por Mitchell, que chegou no início desta semana, o advogado destaca que sua cliente está buscando um acordo, em vez de litígio. No entanto, o valor dos danos solicitados não foi especificado na carta.

Durante o jogo 4 das finais, McGregor desempenhou um papel de destaque. Além de estar presente como espectador, ele estava programado para fazer um anúncio de uma marca de spray analgésico. No entanto, sua participação ficará marcada pela hospitalização do homem que interpretava o mascote do Heat durante uma esquete promocional.

A parte foi orquestrada para promover o novo spray analgésico de McGregor, que ele usou no mascote após socá-lo duas vezes. Os socos, no entanto, acabaram causando sérios danos ao homem. O Heat confirmou que o funcionário foi realmente nocauteado e hospitalizado após o soco. O Athletic relata que o homem está bem e já recebeu alta com analgésicos. McGregor ainda não comentou a situação.

Em relação às acusações de estupro, McGregor negou veementemente qualquer irregularidade, declarando que as alegações são falsas, por meio de um representante, em 15 de junho.