Início Destaque FBC acusa Ludmilla de roubar sua estratégia de marketing e cantora responde

FBC acusa Ludmilla de roubar sua estratégia de marketing e cantora responde

31

Tudo começou quando Ludmilla publicou uma data de lançamento em seu Twitter.

FBC já provou ser um verdadeiro gênio do marketing. Sempre que o lançamento de um álbum seu se aproxima, o rapper mineiro entra em modo selvagem de divulgação e publicidade para seu projeto. Se você acompanha o Rap Nacional, deve se lembrar de quando FBC começou uma tática agressiva de divulgação para seu álbum de estréia chamado ‘S.C.A.’ Na ocasião, o artista começou a responder tweets de celebridades mundiais como Michael Jackson, Eminem e até mesmo o Papa Francisco, com uma simples mensagem. “Ouve meu álbum”. Agora, ele vem repetindo a formula de sucesso e tenta causar um impacto ainda maior.

Programado para chegar nas ruas amanhã, 15 de Novembro, o rapper FBC está a todo vapor promovendo seu novo disco “Padrim”. Usando uma tática parecida, ele conseguiu mobilizar todos os seus fãs para que publicassem a data de lançamento do disco em todos os lugares da internet e é isso que está acontecendo. É fácil você navegar por ai e encontrar em algum lugar alguém comentando “15/11. Até mesmo Mano Brown, Emicida e a estrela da televisão Maísa, entraram na campanha.

Mas as coisas tomaram um rumo inesperado nesta semana quando FBC avistou a cantora Ludmilla publicando “29/11” em seu Twitter, o que deve significar uma data de lançamento da famosa funkeira. O rapper entendeu que Lud estava roubando sua estratégia, elaborando que seria inevitável a cantora não ter visto o movimento “15/11” na internet e se recusando a acreditar em uma coincidência. Para FBC, Ludmilla está surfando no seu hype para anunciar seu próprio lançamento e ele fez questão de deixar a artista carioca saber sua visão no Twitter.

Ludmilla respondeu dizendo que não sabia do movimento do disco “Padrim” e que havia gostado da tática. A cantora até tentou fechar uma parceria, ela colocaria o “15/11” em seu Twitter e em troca, o movimento passava a promover “29/11” nas redes sociais. Porém, os fãs da diva começaram a atacar FBC, tentando cancelar o rapper. Ele então, pediu a ajuda de Ludmilla, que não respondeu. Foi ai que o rapper decidiu partir para uma abordagem mais agressiva, dizendo que Lud havia roubado sua estratégia e seu coração. Ao que a carioca respondeu com deboche: “Muito importante e significativo roubar o coração do cara que inventou a data, to muito feliz por isso”.

Apesar do desentendimento, a tática de FBC acabou funcionando e a hashtag #Padrim chegou ao primeiro lugar nos assuntos mais comentados do Twitter Brasil e no 16º lugar no mundo. Confia.