Capa Kim Kardashian Capa Kim Kardashian

Homem revela que estudou redes sociais de Kim Kardashian para roubo e sequestro em Paris

Kim Kardashian foi vítima do maior roubo da história de Paris nos últimos anos.

No maior roubo contra um indivíduo na França em duas décadas, joias no valor de seis milhões de euros (cerca de R$ 37,96 milhões) foram roubadas de Kim Kardashian, que estava hospedada em um hotel de luxo em 2016 durante a Fashion Week em Paris. Entre os suspeitos presos quatro meses depois na capital e no sul do país, está Aomar Ait Khedache, conhecido como “Old Omar”, considerado o líder do bando.

Os dois magistrados que julgam o caso determinaram que os 12 suspeitos fossem julgados por um júri – que na França só é realizado em crimes mais graves – por acusações como “assalto à mão armada”, “sequestro” e “associação criminosa”, segundo as fontes. Na noite de 2-3 de outubro de 2016, vários homens, alguns disfarçados de policiais, entraram no hotel onde Kardashian, então com 36 anos, estava hospedada.

Kim Kardashian: conheça os negócios da socialite bilionária
Foto: Reprodução

Dois dos agressores colocaram armas em sua têmpora e um deles, disse Kardashian à polícia, dirigiu-se a ela em inglês com “um forte sotaque francês” e lhe exigiu o anel que usava. Depois disso, eles a amarraram, a amordaçaram e a levaram ao banheiro.

Um dos supostos criminosos, Yunice Abbas, que fugiu do local de bicicleta, deixou cair uma cruz com um diamante incrustado que valia 30 mil euros, encontrado por um pedestre poucas horas depois. A partir de seu DNA, ele foi encontrado e durante uma conversa recentemente Abbas revelou que não estava arrependido do que fez.

Abbas, que agora tem 67 anos, entrou em detalhes sobre o roubo, explicando que ele e os outros homens estudaram atentamente as páginas de mídia social de Kim ao longo de dois anos antes de executar seu plano.

“Entrei na internet e vi as joias dela. Vi o anel, observei que ela mostrava em todos os lugares”, disse. “Fomos lá para fazer alguns reconhecimentos, então tínhamos certeza”. Ele acrescentou: “Nós entramos pela portinha que estava aberta, logo após, abordamos o porteiro… Nós o dominamos, o amarramos. Então procuramos as chaves do quarto em que ela ficou”.

Confira abaixo o vídeo no YouTube:

Using Snapchat to Rob Influencers | Crimewave