Kanye West quer a ajuda de todos.

Kanye West aumentou a aposta em seus discursos no Twitter esta tarde. Momentos depois de postar mais de 100 páginas de seus complicados contratos de gravação e insinuando novas músicas , o rapper passou a compartilhar um vídeo de si mesmo urinando em um de seus Grammys, declarando “Confie em mim … EU QUERO ACABAR COM ISSO”.

O rapper não poderia ter feito uma declaração maior. O Grammy Awards é um símbolo universalmente reconhecido para o sucesso na indústria musical que muitos artistas sonham em ganhar, mas Kanye está deixando muito claro seus sentimentos sobre o controle da indústria e a história de desrespeito aos artistas negros .

Ye também fez uma tentativa de obter apoio de outros pesos pesados ​​da indústria, fazendo um apelo público ao vocalista do U2, Bono, Paul McCartney, Drake, Kendrick Lamar e “até” Taylor Swift por apoio. “Bono, você pode dar uma compartilhada? Amo você. Paul, você pode compartilhar o post? Amo você. Drake, Kendrick, até mesmo Taylor. A gente precisa de vocês agoraaaa”, escreveu Kanye em um tweet.

Vale destacar que o Twitter bloqueou o acesso de Kanye West em sua conta após o rapper divulgar o número de um ‘supremacista branco’ da Forbes.