Início Noticias Kodak Black tem pedido de liberdade antecipada negado e ainda deve cumprir...

Kodak Black tem pedido de liberdade antecipada negado e ainda deve cumprir 46 meses de prisão

40

Kodak Black teve seu pedido rejeitado depois de entrar com um recurso que reduziria seu tempo na prisão.

Kodak Black recebeu uma série de boas notícias depois de várias acusações serem retiradas em seu estado natal, ao ser determinado que havia sido cometido um erro durante o julgamento de sua condenação por sua atual pena na prisão.

Acreditava-se que o tribunal daria a ele uma ajuda após um erro do juiz, que havia o colocado em um nível criminal mais alto do que ele realmente merecia. Depois de analisar o caso, o pedido de Kodak por uma sentença mais curta foi oficialmente recusado. Um painel de juízes do Tribunal de Apelações dos EUA reviu o caso do rapper e, depois de fazer isso, eles rejeitaram seu apelo para sair da prisão mais cedo do que o previsto.

Na apelação, a equipe de advogados da Kodak, incluindo Bradford Cohen, afirmou que, por não ter sido realmente condenado em um caso de roubo anterior, ele não deveria ter sido condenado sob a condição de ser um “criminoso condenado”. Vários outros casos foram mencionados, mas esse teve o maior peso.

No entanto, o argumento de “não contestação” de Kodak no julgamento original, está sendo usado pelos juízes estão para justificar sua sentença. Isso significa que ele ainda deve passar um total de 46 meses atrás das grades.