2019 promete muito para rapper do Rio de Janeiro.

O artista carioca LZN começou no Rap motivado por sua revolta com questões pessoais que aconteceram na época e na oficina que ele trabalhava, o rapper percebeu que não tinha poder de mudar tudo, mas precisava extravasar de alguma forma.

“No começo minha música era muito crítica e bem bruta mesmo, puro instinto, sem noção nenhuma de música, com o tempo e mais vivência no meio da música fui aprendendo mais até chegar no que é hoje. Também consegui sair do lugar onde eu morava, o que me deu um novo jeito de enxergar tudo e acabou refletindo no meu som.”, nos contou LZN.

Além de sua música não ser aquele som padrão com 16 linhas e refrão, LZN aborda um tema importante e muito necessário em sua ultima faixa “Depois De Tudo”. O rapper nos falou mais sobre o que seu som traz de diferente para a cena.

“Acho que a gente tá no começo de uma revolução muito bonita, mesmo com alguns erros e excessos, acho que é ótimo que sejam abordados temas como igualdade de gênero, racismo e etc. Coisas que infelizmente foram enraizadas, mas que essa geração aos poucos vai conseguir mudar, por isso quis fazer esse som exaltando o poder das mulheres, vejo muito som chamando as mina de bitch, vadia, essas paradas, e acho que isso é uma diferença no meu som.”

Neste ano, LZN liberou mais um som além do clipe “Depois De Tudo” e tem mais cerca de 6 faixas preparadas para sair. 2019 realmente promete muito para o artista carioca.

“Tenho participações brabas de amigos do underground também, vai ter WR, vai ter Leo Toretto do Nunig, meu mano Gabriel Gimenez e minha amiga Renata Pimenta, a ideia é soltar um por mês, além de alguns feats que fui convidado também, esse ano tô com bastante coisa pra sair, graças a Deus.”

Assista os visuais de “Depois De Tudo” acima.