Capa Michael Rapaport e Kanye West Capa Michael Rapaport e Kanye West

Michael Rapaport detona Kanye West após rapper fazer comentários antissemitas

Michael Rapaport tinha algumas palavras para Kanye West.

A lista de pessoas que Kanye West irritou com seus recentes discursos intolerantes é longa e parece estar crescendo a cada minuto. Meek Mill chamou as ações de Ye de “loucas e idiotas”, Justin Bieber se distanciou do rapper e Yung Miami o chamou de “lunático”. As rejeições continuam a aparecer. Agora, Michael Rapaport está avaliando as últimas observações antissemitas de Kanye. “Eu defendi você, seu idiota empoeirado”, disse Rapaport em um vídeo postado no Instagram.

“Idiota de Kanye – o que você está falando sobre ‘death con 3’?” Rapaport perguntou na abertura de seu discurso. “Defcon dois… Veja judeus, nós sabemos sobre o Defcon 3”. O ator estava se referindo ao tweet de Ye, que o baniu do Twitter, quando o rapper usar um termo militar de nível de ataque para ofender os judeus.

Kanye West indica que deve concorrer à presidência dos Estados Unidos em 2024 | GZH
Foto: Angela Weiss / AFP

“Estou um pouco sonolento esta noite, mas quando eu acordar, vou atacar o povo Judeu com tudo”, escreveu o rapper em seu tweet em tradução livre. “O engraçado é que eu realmente não posso ser antisemita porque os negros também são judeus.”

Michael Rapaport ficou visivelmente irritado em sua resposta ao vídeo, comparando os comentários de Ye à representante de extrema-direita, Marjorie Taylor Greene e à marcha fascista “Unite The Right” que ocorreu em Charlottesville em 2017.

Rapaport disse que se sentiu traído pelos comentários de Kanye West, depois que o comediante o apoiou em outras controvérsias.

“Eu estava lá, eu defendi você quando o Pete Davidson estava transando com sua esposa”, continuou ele. “Mas isso, isso é inaceitável”. “Você não vai ser presidente”, acrescentou Rapaport. “Eu vou ser o único a dizer a você, para quebrar o coração do seu sonho, você nunca será presidente, seu idiota”. Ele disse isso após Kanye indicar que vai concorrer a presidência dos EUA em 2024.

Confira abaixo a postagem no Instagram: