Parece que o PS5 vai realmente revolucionar o mundo dos games.

Segundo uma entrevista de Nick Penwarden, vice-presidente de engenharia da Epic Games, o PlayStation 5 é tão rápido que empresa precisou reescrever a Unreal Engine 5 para tirar o máximo do seu desempenho. A nova geração de games terá o SSD (Solid State Drive) como principal diferencial. Em particular, isso muda o tempo de carregamento de jogos, mas também de renderização de cenários, por exemplo.

“O PS5 entrega um grande salto tanto na computação quanto no desempenho gráfico, mas sua arquitetura de armazenamento é também realmente especial”, disse o executivo. A Epic Games fez uma demonstração da Unreal Engine no PS5, em maio, durante a Summer Fest. Eles usaram uma demo técnica chamada ‘Lumen in the Land of Nanite’, que demonstra como a ferramenta consegue renderizar mais de 16 bilhões de polígonos em tempo real em um cenário.

Com isto, os desenvolvedores podem explorar melhor como os níveis dos jogos são projetados e distribuídos. Isso, claro, tendo em vista que uma quantidade massiva de conteúdo pode ser transmitida por segundo. “A capacidade de transmitir conteúdo a velocidades extremas permite que os desenvolvedores criem ambientes mais densos e detalhados”, afirmou Penwarden. Ele também cita que isso pode mudar “a maneira como pensamos sobre o streaming de conteúdo”. “É algo tão impactante que reescrevemos nossos principais subsistemas de E/S [entrada/saída, input/output] para o Unreal Engine tendo o PlayStation 5 em mente”, acrescentou o executivo.

Apesar da relação direta com o sistema da Sony, o fundador e CEO da Epic Games, Tim Sweeney, diz que o Xbox Series X também será beneficiado com as melhorias. Na última quinta-feira (4), a Sony realizaria um evento para demonstrar jogos do PS5. O evento foi cancelado devido aos protestos e conflitos nos Estados Unidos contra o racismo. Uma nova data para o evento, ainda não foi divulgada.