Em tempos de reflexão, Quebrada Groove apresenta um novo Cypher muito representativo.

Quebrada Groove, coletivo de produção e ativismo cultural da zona sul de São Paulo, apresenta o “Cypher 1 – Ancestral”, uma reunião com os artistas Lázaro Ere, Rone DumDum, Funk Buia, Yonih, e Thai para falar de negritude e o poder do autoconhecimento em meio a tantos descasos e violências contra a população negra no Brasil.

“A ideia era fazer um som contemporâneo, com elementos de nossa música preta. Daí vem a utilização do sample dos Ticoãs (“Deixa a gira girar”), que é um grupo que traz essa sonoridade ancestral para faixa, juntando com o rap, que representa o hip hop. É a recriação por meio da nossa própria evolução”, diz Jonathas Noh, músico e produtor do Quebrada Groove.

O clipe de “Cypher 1 – Ancestral” foi produzido – gravado e editado por Jonathas Noh- pela Quebrada Groove. O beat possui pesquisa de sample de SJota e a produção artística teve sugestão de conteúdo de Karina Souza.

Um verdadeiro coletivo artístico, numa obra que vai além das performances do MCs, está na faixa “Cypher 1 – Ancestral”. Aperte o play e use as armas da resistência sonora.