T.I.questiona porque a Ku Klux Klan não foi acusada de crime organizado após YSL, Young Thug e Gunna serem presos

Capa T.I.

Foto: reprodução

T.I. tinha uma pergunta interessante sobre o ‘Ku Klux Klan’ e o crime organizado

Young Thug e Gunna estão atualmente com muitos problemas com a justiça dos EUA. Ambos foram presos por acusações da lei RICO, que combate o crime organizado por lá, que foram direcionadas a 28 membros da YSL. Existem 56 acusações no momento, e tanto Thug quanto Gunna podem ficar bastante tempo na prisão se forem condenados. É uma situação muito ruim para todos os envolvidos e, do jeito que está, ambos permanecem na prisão, pois o juiz negou fiança.

Há muitas pessoas na comunidade hip-hop que estão indignadas com essas acusações. Eles acreditam que são completamente injustos, especialmente no que diz respeito ao fato de os promotores estarem procurando usar letras e videoclipes como prova. A lenda de Atlanta, T.I., é alguém que falou abertamente sobre esse assunto e, recentemente, ele fez uma pergunta sobre esses casos da lei RICO.

Foto: Reprodução

Ao entrar no Instagram, T.I. disse “por que a Ku Klux Klan não foi atingida por uma acusação da lei RICO?” O grupo em si é do crime organizado, pois é responsável por assassinatos, racismo, crimes de ódio e muitos outros crimes. No entanto, eles nunca foram atingidos com prisões e investigações generalizadas. Com Gunna e Young Thug presos, perguntas como essas são mais compreensíveis do que nunca.

Em noticias relacionadas, Young Thug recebeu mais 7 acusações criminais após polícia revistar sua casa. A lista completa das novas acusações é a seguinte: porte de maconha com intenção de distribuição; posse de uma substância controlada dos Anexos III, IV ou V com intenção de distribuição; porte de arma de fogo durante o cometimento de um crime; posse de espingarda de cano serrado, fuzil de cano serrado, metralhadora, arma perigosa ou silenciador; e três acusações de ser uma pessoa empregada ou associada a uma gangue criminosa de rua para conduzir ou participar de atividade de gangue criminosa através da prática de um crime.

Confira abaixo a postagem no Instagram:

 

Sair da versão mobile