Fivio Foreign nomeia Chris Brown como ‘Michael Jackson da nossa geração’

Capa Chris Brown e Michael Jackson

Foto: Reprodução

Fivio Foreign acha que se alguém está perto do Rei do Pop nos dias de hoje, deve ser Chris Brown

Quando se trata de discussão musical, poucos tópicos interessam e dividem mais os fãs do que a questão das novas versões de um grande artista na próxima geração: quem é o próximo Tupac, quem é o próximo Prince, ou no caso de hoje, quem é o próximo Michael Jackson? O produtor LondonOnDaTrack twittou ontem à noite: “Quem é o mais próximo de Jackson de nossa geração?”, ao qual a estrela de Nova York, Fivio Foreign, respondeu com um simples comentário “Chris Brown” e um ponto de exclamação.

Enquanto Fivio não falou muito sobre a escolha, é fácil ver porque o nativo da Virgínia está sendo comparado à estrela mais famosa do pop. Além disso, Fivio está longe de ser o primeiro a traçar os paralelos, com artistas como 50 Cent, Justin Bieber, Boosie Badazz e muitos outros também comparando os dois. Brown recentemente agradeceu a Boosie pela comparação, no entanto 50, não gostou.

Foto: reprodução

Ambos são cantores-dançarinos conhecidos por sua coreografia, presença de palco e capacidade de impressionar uma multidão com sua voz e movimentos. Ambos os artistas também construíram carreiras massivas centradas no pop, apesar de usarem outras influências antes de se tornarem grandes (Chris Brown é influenciado pelo hip-hop e R&B em grande parte de seu material pop, enquanto MJ teve suas raízes no disco e no R&B mais clássico). Chris ainda tem algumas citações de Michael Jackson que o inspiram a trabalhar mais, então fica claro que ele está honrado e abraça a comparação.

Seu sucesso comercial também não é motivo de zombaria. Chris Brown é uma das estrelas de R&B de maior sucesso comercial de todos os tempos, vendendo mais de 193 milhões de discos em todo o mundo e tendo 106 entradas na Billboard Hot 100, mais do que qualquer outro artista de R&B na história. O artista vencedor do Grammy também ganhou quatro Billboard Music Awards. MJ, assim como Breezy, dominou as paradas durante seu tempo. Ele vendeu mais de 400 milhões de discos e acumulou 15 vitórias no Grammy.

Embora o legado de MJ seja claramente difícil de superar em qualquer métrica objetiva ou subjetiva, o sucesso comercial de Chris, o conjunto de habilidades e o uso de outros gêneros no mundo pop tornam a comparação óbvia. Michael Jackson era famoso por seu relacionamento com seus jovens fãs, que foi apresentado como explorador durante o documentário Leaving Neverland de 2019, e passou a manchar seu legado, embora seu espólio negue as alegações.

Breezy, por outro lado, se declarou culpado de agredir sua então namorada Rihanna em 2009, um crime que ainda segue a discussão em torno dele até hoje. Independentemente dos crimes ou controvérsias anteriores dos artistas ele parabenizou a cantora e A$AP Rocky por nascimento de filho do casal. No entanto, Alguns usuários do Twitter, reagiram aos elogios de Fivio.

Um fã mencionou que Michael Jackson teve que ser escoltado por militares e policiais em todos os países que visitou e foi recebido por líderes políticos na chegada, um nível de fama que Brown ainda não alcançou. Um usuário escreveu “Não há ninguém tocando suas luvas”, com outro afirmando que Chris teria que ser “global e impactante por décadas … um humanitário excepcional, [e] deve influenciar toda a indústria da música e a sociedade como a conhecemos”. A pergunta de LondonOnDaTrack também trouxe artistas como The Weeknd e Beyoncé para a conversa.

Confira abaixo a postagem no Twitter:

 

Sair da versão mobile