Início Noticias YG não quer falar mais sobre Nipsey Hussle: “Eu quero deixar o...

YG não quer falar mais sobre Nipsey Hussle: “Eu quero deixar o mano descansar”

258

Ele também falou sobre a criação de “FGT (F*ck Donald Trump)” com Nipsey em 2016, meses antes da última eleição presidencial.

O caso contra Eric Holder, o homem acusado de assassinar Nipsey Hussle à queima-roupa, continua enquanto os fãs do rapper aguardam a notícia de seu julgamento. Já se passou mais de um ano e meio desde que Nipsey foi morto a tiros em frente à sua loja Marathon Clothing em Los Angeles, e o artista assassinado foi homenageado em todo o mundo. Sua família, amigos, fãs e colaboradores continuam a prestar homenagem a Nipsey, incluindo seu bom amigo YG, que não hesitou mostrar sua dor após a morte do rapper.

Hoje em dia, você pode ouvir uma menção a Nipsey Hussle de YG liricamente, mas o rapper de LA não é tão vocal sobre seu amigo falecido. Em uma entrevista para o Los Angeles Times, YG compartilhou que ele escolheu comemorar a vida de Nipsey em particular e criativamente. “Quero deixar o mano descansar”, disse ele. “Eu não vou voltar para trás e apenas falar sobre mano em entrevistas. Não apenas pessoalmente, mas também ao vivo.”

Na esteira dos protestos recentes e da iminente eleição de 2020 nos EUA, o single de 2016 de YG e Nipsey, “FGT (F*ck Donald Trump)”, mais uma vez ganhou força. YG se lembrou de uma conversa com Nipsey antes de lançar a música. “Eu perguntei a Nip: ‘Tem certeza de que quer lançar isso?’”, Disse YG. “Ele estava tipo, ‘Nós já temos uma reação adversa. Já não podemos fazer isso e isso e isso. Então f*da-se, vamos fazer valer alguma coisa.”

YG acaba de liberar sei novo disco My Life 4 Hunnid, que foi muito influenciado por Tupac Shakur e conta com participações de Chris Brown, Lil Wayne, Gunna, Tyga e mais.