Jannah Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.

Tyler, The Creator diz que seu primeiro álbum ‘Goblin é terrível

Tyler, The Creator gosta da energia do projeto mas acha’Goblin’ terrível.

Durante uma aparição recente no Rap Radar Podcast, Tyler, The Creator compartilhou seus pensamentos sobre seu primeiro álbum de estúdio, Goblin. Os fãs podem ficar desapontados ao saber que o esforço de estreia do artista não está nem perto de seu favorito, no entanto, ele diz que continua a ocupar um lugar especial em seu coração. “Goblin é terrível pra caralho,” ele explica, “Mas eu ainda amo ele.”

Ele continua, “Gosto da energia e aura que ele tem. E ouvir meus sintetizadores instáveis ​​e bateria nojenta, e eu não perceber que estou gritando em todas as músicas e dizendo a merda mais selvagem é o que leva as pessoas até lá. Não é sobre a música. Se você estivesse lá, aquela energia, aquela aura e aquele ar cortando o que todo mundo está fazendo é muito importante.”

Capa Tyler, The Creator
Foto: reprodução

Ele continua dizendo: “Ainda há alguns sons bons lá. Eu ainda acho que ‘Yonkers’ é incrível. ‘Ela é maravilhosa. As duas primeiras versões de ‘Nightmare’ são iradas, ‘Tron Cat’ ainda é incrível. ‘Analog’ ainda é legal, como se ainda houvesse algumas coisas lá, mas as pessoas não sabem, muitas músicas naquele álbum eram músicas aleatórias que gravei depois de Goblin que meio que pensei apenas, sim, aqui eu tenho essas músicas.”

Tyler, The Creator também compartilhou detalhes de sua experiência no brunch pré-Grammy da Roc Nation anual que Jay-Z faz em fevereiro durante a entrevista. “A parte mais irada do Roc Nation Brunch, fui por três razões. Eu sempre quis ir só porque nunca fui,” ele revelou, “Dois, eu estava curioso para saber que comida eles tinham lá. E três, eu queria ver quantas vezes eu poderia ser chamado de ‘rei’. Eu contei nove.”

Tyler continuou: “E a melhor parte é que Jay me deixou estacionar meu BMW bem na frente. Todo mundo teve que deixar no estacionamento. Ele me deixou estacionar bem na frente, nas colinas. Provavelmente os quatro melhores momentos em que já me senti maneiro na vida. Tipo, o livro didático de como é ser legal.”

Tyler, no entanto, compartilhou que ter estacionamento prioritário no evento teve uma grande desvantagem. Ele explicou: “Meu mano me enviou há duas semanas o Instagram de Christian Combs e esses filhos da puta fizeram uma sessão de fotos com meu carro na frente da maldita Roc Nation! E eu vi Christian ontem à noite e deveria ter dito a ele: ‘Mano, não sente no meu maldito carro!’ Eu gosto de Christian, só estou dizendo, mas isso foi legal”.

Veja o podcasta abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=KHILuigMexc

Botão Voltar ao topo